Presentes à reunião realizada ontem na sede do comando das entidades comunitárias de apoio às autoridades policiais o coordenador Evaldo Roberto Coratto, Joel Rocha, major PM Chefe da Assessoria Policial Militar, o coronel Álvaro Camilo, secretário executivo da PM, e o presidente da Acresce, Adonilson Franco.

Visando contribuir para a melhoria da segurança na sociedade paulista por meio de ações civis públicas e outras iniciativas, a Acresce (Associação dos Condomínios Residenciais e Comerciais), por meio de seu presidente, Adonilson Franco, apresentou ontem (13/1) à coordenadoria dos CONSEGs de SP algumas de suas diretrizes. Do encontro, realizado na sede da coordenadoria, rua Libero Badaró, Centro de São Paulo, participaram o coordenador Evaldo Roberto Coratto, Joel Rocha, major PM Chefe da Assessoria Policial Militar, e o coronel Álvaro Camilo, secretário executivo da PM.

“As iniciativas da Acresce vão além da orientação sobre redução das despesas condominiais e melhoria da gestão. Temos ações civis públicas ligadas à organização de feiras livres, restrições à prostituição, abandono de veículos em vias públicas e outras. Nada mais lógico que buscarmos a formidável organização dos CONSEGs para contribuir com essas organizações da sociedade civil que apoiam e respaldam as autoridades policiais”, comentou Franco.

Ciente das atividades da Acresce, o coronel Camilo sugeriu o envio de carta de intenções por parte da Acresce para formalizar esse apoio, especialmente dos condomínios. Camilo já foi deputado e é autor do projeto “Vizinhança Solidária”, iniciativa de grande êxito que ajuda a promover a segurança em microregiões das cidades. “A Acresce pode ajudar em questões de prevenção primária ligadas à segurança”, observou Camilo.

CONSEGs

Os Consegs foram criados através do Decreto Estadual nº 23.455, de 10 de maio de 1985, e regulamentado pela Resolução SSP-37, de 10 de maio de 1985, e aperfeiçoada, criada a função de Coordenador Estadual dos CONSEGs, para Assuntos dos Conselhos Comunitários de Segurança. Atualmente, O coordenador é Evaldo Roberto Coratto.

Cada conselho é uma entidade de apoio à Polícia Estadual nas relações comunitárias e se vincula, por adesão, às diretrizes emanadas da Secretaria de Segurança Pública. São 84 CONSEGs na capital, 55 na região metropolitana e 337 no interior e litoral, totalizando 476 conselhos.

Os CONSEGs são grupos de pessoas do mesmo bairro ou município que se reúnem para discutir e analisar, planejar e acompanhar a solução de seus problemas comunitários de segurança, desenvolver campanhas educativas e estreitar laços de entendimento e cooperação entre as várias lideranças locais.

As reuniões ordinárias de cada Conselho são mensais, realizadas normalmente no período noturno, em imóveis de uso comunitário, segundo uma agenda definida por período anual. A Secretaria de Segurança Pública tem como representantes, em cada CONSEG, o Comandante da Polícia Militar da área e o Delegado de Polícia Titular do correspondente Distrito Policial.

A ACRESCE já inicia o ano de 2.020 em plena atividade, sempre em prol de seus associados e implementando medidas de alcance geral que beneficiam muito além dos associados. Cumpre assim sua função social no meio em que atua em consonância com suas diretrizes estatutárias.

 

ACRESCE ASSOCIAÇÃO DOS CONDOMÍNIOS RESIDENCIAIS E COMERCIAIS