Convidamos para falar sobre o tema Segurança em Condomínios o especialista Josué Paes, Diretor de Segurança Corporativa do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, Presidente do Conselho de Segurança Comunitária (Conseg) Perdizes/Pacaembú, idealizador e fundador do Programa Segurança em Pauta e do Núcleo de Estudos e Pesquisas de Segurança e Tecnologia NESP/CT Segurança.

Pode parecer estranha uma de suas indicações, diríamos, uma das mais importantes dentre todas, mas ela encerra, verdadeiramente, tudo o que pode funcionar em termos de segurança condominial, seja em local de moradia ou de fluxo comercial: a solidariedade.

Solidariedade significa conhecer o vizinho, oferecer-se para cuidar da segurança de seu apartamento ou sala comercial quando ausente por período prolongado, ajudar a cuidar da manutenção da praça nas cercanias do local onde se vive ou trabalha, enfim, praticar a civilidade e ensiná-la aos jovens. 

Ele cita o exemplo de moradores que se sentiam incomodados com a insegurança na ciclovia existente no canteiro central da Avenida Sumaré quando, inovadoramente, resolveram se cotizar e adquirir bikes, na sequência doadas para a Polícia Militar, a qual providenciou o deslocamento de policiais que fazem rondas no local. A ciclovia voltou a ser utilizada em sua plenitude.

Viveremos em um meio melhor quando todos se sentirem responsáveis pelo meio. É chegada a hora de adotarmos condutas civilizadas no trato das coisas públicas, o que inclui o mesmo desvelo que temos com nossas coisas particulares. Em outras palavras, copiar a conduta dos orientais que, em sua maioria, dá exemplos de respeito.

Assim, ao invés de confiar a manutenção do meio que nos cerca aos poderes públicos e deles cobrar por não fazerem o que supomos ter sido previamente pago com o dinheiro que a ele entregamos na forma de tributos, irmos além e nos reunirmos para, nós mesmos, consertarmos o que entendemos dever ser consertado. A isso se denomina: cooperação.

Utopia? Pode ser. Mas essa é a realidade de muitos povos, principalmente os orientais que nos dão, inclusive no Brasil quando aqui vivem, destacados exemplos de civilidade.

Josué Paes mostra, nesta entrevista, que a segurança de todos será melhor se todos nós cuidarmos desse importante aspecto da vida comunitária. 

Assista à íntegra e veja como isso é possível, inclusive importantes dicas de alta relevância prática, além do que econômicas por não implicar dispêndios com aparatos de segurança ou pessoal qualificado. Vale à pena assistir.

Nas próximas edições, outras novidades impactantes na vida em sociedade. Prossiga nos acompanhando, aqui e nas redes sociais.

 

Veja também:

 

+ Aplicativo Acresce – Veja como é fácil instalar e utilizar!

 

+ Segurança cibernética física de edifícios comerciais e ambientes corporativos deve estar integrada à segurança cibernética geral 

 

+ Segurança no controle de acesso dos condomínios deve ser encarada como missão 

 

+ Saiba o que megavazamentos de dados têm a ver com seu condomínio

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *