Retomamos o tema IPTU porque nossa movimentação quanto a esse assunto tem sido muito intensa! Principalmente em início de ano, quando os contribuintes de todo o Brasil começam a receber seus carnês desse imposto.

Havíamos vaticinado que a notícia veiculada pela imprensa, ao final do ano passado, dando conta de que em razão da pandemia Covid-19 o imposto não seria aumentado em 2021 era absolutamente falsa.

Confirmamos nossa previsão quando começamos, em janeiro de 2021, a promover auditoria nos carnês dos IPTUs de diversos associados da ACRESCE — inclusive de não associados.

Em notícia veiculada no jornal Bom Dia São Paulo de 02/02/2021, disponível em nosso site ACRESCE, o Subsecretário de Finanças do Município informou que 37% dos carnês, em 2021, vieram com aumento do imposto, confirmando nossa previsão inicial.

Engana-se quem supõe ser este um problema paulistano. No interior paulista, onde também temos diversas ações judiciais em curso, a confusão no lançamento do IPTU é tão grande que as autoridades municipais chamaram-nos para compor um acordo em que oferecem redução de 30% no valor do IPTU.

A demonstrar que esse não é um problema localizado, circunscrito ao município de São Paulo.

Por isso estamos preparando uma ação coletiva a ser ajuizada perante o Judiciário em São Paulo visando obter decisão que, estimamos, irá beneficiar muitos contribuintes, notadamente os aposentados, cuja possibilidade de pagamento desse imposto já chegou ao limite, mas não podem deixar de pagá-lo sob pena de ver seus imóveis penhorados e tomados de seu patrimônio para pagamento do imposto! Uma catástrofe social que se avizinha, sem precedentes.

Esperem nossas próximas informações.

Temos um papel social a cumprir e estamos fazendo-o dentro de nossas possibilidades e agilidade. Mas vamos cumpri-lo. Ah, vamos!

Clique aqui para acessar íntegra da matéria 
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *