Carla Akemi, diretora de Qualim Soluções

 

Palestras virtuais a condôminos e apoio técnico a síndicos aprimoram a higienização ambiental

 

Além dos procedimentos comuns que vêm sendo adotados em condomínios diante da pandemia do Covid-19, muito há ainda que caminhar para se aprimorar os padrões de higiene nesses ambientes, especialmente nas áreas comuns. Essas melhorias deverão ser permanentes, pois, com o pandemônio internacional criado pelo vírus, todos irão encarar os padrões sanitários de forma diferente no chamado novo normal. Daí a importância da sistemática técnica.

“Ainda existem muitas dúvidas sobre as melhores práticas nos condomínios. Nossa missão é esclarecer pontos obscuros, especialmente os levantados pelos síndicos, os principais responsáveis pelos condomínios”, diz a executiva Carla Akemi (foto), diretora da Qualim Soluções, consultoria especializada em higiene condominial.

Do pacote de serviços oferecido figuram:

– Auditoria inicial para diagnóstico através de análise dos perigos e pontos críticos de controle dentro do condomínio, onde possivelmente há risco aumentado de contaminação cruzada entre pessoas ou vetores

– Desenvolvimento de medidas preventivas e corretivas, com base nos pontos encontrados na auditoria inicial, através de implantação de procedimentos operacionais padronizados de higienização, registrados e distribuídos a todos os condôminos em documento oficial (PPHO- Procedimento padronizado de higienização operacional)

– Treinamento e capacitação certificados a todos os colaboradores do condomínio que estejam envolvidos nas tarefas de limpeza e manutenção das áreas comuns

– Palestra sobre saúde pública aos condôminos abordando os principais aspectos epidemiológicos do coronavírus e os procedimentos operacionais padronizados de higienização que serão implantados no condomínio (realizado presencial ou em plataforma virtual)

– Fornecimento de material impresso tipo folder para os condôminos terem acesso a fonte de orientação e estudo, e disponibilidade de contato com consultores da área de saúde por e-mail ou WhatsApp

– Auditorias periódicas para pontuação em checklist personalizado ao condomínio para acompanhamento do síndico e condôminos da evolução do controle dos pontos críticos através dos procedimentos de higienização implantados

– Análises laboratoriais de swab de pontos de controle tais como: botões de elevador, corrimão, equipamentos da academia do condomínio, portaria, etc (ressaltando que as análises são indicadores de contaminação por bactérias e fungos, não sendo possível mensurar a presença do coronavírus, mas, mesmo assim, um bom indicador para procedimentos de limpeza) 

– Desenvolvimento de fluxogramas e protocolos para que os condomínios consigam dar atenção especial e proteção para os grupos de risco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *